UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

31/05/2010 - 10h58

Infantilização de equipe: saiba se você passa por essa situação!

SÃO PAULO – Você já ouviu falar sobre "infantilização de equipe"? Talvez não conheça propriamente esse termo, mas já deve ter vivenciado ou presenciado situações que se enquadram nele.

Segundo o coach Paulo Roberto de Souza, a infantilização ocorre quando os profissionais são muito dependentes de seu líder. “Pessoas que vivem nesta situação não conseguem resolver nada sozinhas. Precisam do líder para resolver problemas, achar sugestões e emitir opiniões”, explica.

O especialista afirma que essa é uma questão cultural, pois alguns profissionais, principalmente os com mais idade, estão acostumados com a cultura denominada de "Comando e Controle". Esses líderes estão acostumados a ter de achar soluções para sua equipe, pois antes de ter um cargo de liderança, alguém sempre respondia por eles.

Papel do líder
Na infantilização, o líder não consegue desempenhar seu papel, que é atuar no desenvolvimento dos negócios da empresa, pois está focado em resolver situações de seus subordinados. “Esse líder está focado somente na problemática dos profissionais. Não sobra tempo para pensar estrategicamente”, diz Souza.

O coach afirma ainda que o papel do líder é desenvolver o potencial de seus profissionais, fazendo com que eles próprios achem a resposta ou a solução que precisam por meio de questionamentos. “O líder está lá para orientar, e não para resolver tudo”, esclarece.

Prejudicados pela infantilização
Para Souza, a infantilização da equipe prejudica tanto o profissional que não consegue se desenvolver em sua carreira quanto a empresa, que deixa de ter um ambiente motivador. “A pessoa passa a acreditar que seu trabalho é insignificante. Não tem comprometimento com o que faz”, diz

Ele explica também que, por falta de questionamentos, os profissionais deixam de pensar em novos processos, sugestões, o que impede a inovação na empresa. “Na infantilização, todo mundo está perdendo, profissionais, líderes e a empresa”, finaliza o coach.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host