UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/06/2010 - 11h37

Ultrapasse as barreiras que impedem que você seja mais criativo no trabalho!

SÃO PAULO – A criatividade é uma das competências mais avaliadas pelos líderes, tanto durante o acompanhamento do trabalho desenvolvido pelo colaborador, como em processos de seleção para o ingresso no mercado. Contudo, ela não é uma característica fácil de ser encontrada, pois são muitos os empecilhos que dificultam os profissionais de serem criativos.

Para o diretor de Operações da Human Brasil, Fernando Montero da Costa, a incapacidade de mudar as respostas de sempre, os bloqueios sociais, culturais ou emocionais, ou mesmo dúvidas e a insegurança afetam os profissionais de modo a impor barreiras para a criatividade.

Costa, contudo, afirma que a competência pode ser desenvolvida, apesar das dificuldades. “Ela pode ser aprendida e desenvolvida, sendo sempre suscetível de melhora”, afirmou, por meio de nota. Como isso é possível? “Se quiser ser criativo, primeiro, esqueça o que sabe”, aconselha.

Aflorando a criatividade

Tentar abafar os temores não é fácil. Ainda assim, dá para aflorar a criatividade. “O comportamento criativo das pessoas é algo perceptível, pois estas se destacam dos demais membros da organização pela grande variedade de ideias e soluções originais que propõem”, afirma Costa.

Por isso que, para ser mais criativo, o ideal mesmo é partir do início e estimular o cérebro a propor soluções e ideias, mesmo que a princípio pareçam absurdas. Decidir ser criativo, então, é o primeiro passo.

O segundo é sempre pensar em várias soluções, e não apenas em uma. Escrever e detalhar as ideias no papel ajuda a visualizar o impacto da ideia e alternativas. Pergunte-se: Elas são possíveis de serem feitas? Como tirá-las do papel? Pensar no processo da resolução também ajuda a estimular o profissional a ter novas ideias.

Depois de colocar tudo no papel, defina os objetivos a serem traçados – A sua ideia serve para alcançar as metas que você quer? Confrontar as soluções que anotou com o problema real e agir com flexibilidade diante das próprias ideias também estimula a criatividade, segundo o especialista.

Outra dica para ser mais criativo no trabalho é considerar os problemas dos outros como oportunidades e desafios. “Aprenda a assumir riscos e atreva-se a ser diferente”, diz Costa. Para ele, muitas vezes, é preciso utilizar menos o lado racional para ser criativo. Permanecer com o humor em alta também ajuda.

“Tome o tempo que seja necessário para cumprir suas tarefas. Fazer as coisas com calma (quando se pode) aumenta a produtividade e a eficácia”, afirma Costa. E mesmo que não seja possível seguir todos esses passos, seja persistente, independentemente de qualquer coisa.

Manter a calma é imprescindível para que as ideias aflorem. Para isso, tente manter a mente quieta de vez em quando. “Desfrute de momentos de lazer. A qualidade de vida depende de como se emprega o tempo livre”, concluiu.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host