UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/06/2010 - 08h58

Salário: saiba como negociar o seu!

SÃO PAULO – Quem se coloca à disposição do mercado sabe que, muitas vezes, pode se deparar com a seguinte pergunta: “Qual a sua pretensão salarial?”. Nessas horas, muitos profissionais ficam confusos e acabam até se prejudicando na disputa por conta da questão.

Segundo dicas publicadas no “The Wall Street Journal”, antes de se encaminhar para a entrevista, o ideal é pesquisar o que é praticado pelo mercado para o cargo disputado e o tempo que você tem na função solicitada.

Dessa forma, evita-se que o recrutador avalie o profissional como despreparado ou desesperado, caso ele cite um valor muito abaixo do mercado, ou desclassifique o candidato pelo fato dele ter pedido um valor alto demais.

Aliás, ainda conforme o jornal, o profissional deve evitar ao máximo dar um valor fixo, o ideal é dizer “em torno de”, considerando o mercado e o valor necessário para satisfazer as necessidades do candidato.

Outras dicas

Além da pesquisa, é interessante que o profissional, ao ser questionado sobre os ganhos atuais, na hipótese de estar empregado, ou últimos ganhos, caso já esteja desligado da última empresa, não minta sobre o salário. 

Isso porque tal atitude pode prejudicar o candidato não só na busca atual por emprego, como em oportunidades futuras.

Por fim, vale ressaltar que as empresas, geralmente, estão preparadas para negociação, o que equivale dizer que o profissional pode tentar um salário melhor, atentando para a margem de 10% da oferta inicial.

 
Hospedagem: UOL Host