UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/07/2010 - 09h26

Correntista da CEF pode sacar abono do PIS a partir desta segunda

SÃO PAULO – Trabalhadores com conta-corrente ou poupança na CEF (Caixa Econômica Federal) começam a receber a partir desta segunda-feira (19) o abono salarial do PIS (Programa de Integração Social) no valor de um salário mínimo (R$ 510) referente ao calendário 2010/2011.

De acordo com o MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), cerca de 4,5 milhões de pessoas receberão um total de R$ 2,3 bilhões, por meio de depósito bancário.

São aptos a receber o abono salarial os trabalhadores que estão cadastrados no PIS há pelo menos cinco anos, tenham trabalhado pelo menos 30 dias no ano-base (2009), recebido até dois salários mínimos de média no período trabalhado (2009) e tenham sido informados corretamente pela empresa em que atuam na Rais (Relação Anual de Informações Sociais/ 2009).

Regras

No calendário 2010/2011, foram identificados 18,4 milhões de trabalhadores com direito a receber o benefício, em um total de R$ 9,4 bilhões. Porém, aqueles que não são correntistas da CEF recebem somente a partir de 11 de agosto. Trabalhadores da iniciativa privada recebem o pagamento na CEF, conforme o calendário abaixo:





Calendário PIS
Mês de nascimento Recebe a partir de
Julho 11/08/2010
Agosto 18/08/2010
Setembro 25/08/2010
Outubro 14/09/2010
Novembro 21/09/2010
Dezembro 28/09/2010
Janeiro 14/10/2010
Fevereiro 21/10/2010
Março 28/10/2010
Abril 11/11/2010
Maio 17/11/2010
Junho 24/11/2010
Já os servidores públicos recebem no Banco do Brasil, conforme as datas informadas na tabela abaixo:





Calendário Pasep
Final da inscrição Recebe a partir de
0 e 1 11/08/2010
2 e 3 17/08/2010
4 e 5 24/08/2010
6 e 7 31/08/2010
8 e 9 08/09/2010
 

O valor estará disponível na CEF ou no Banco do Brasil e o saque deverá ser feito até o dia 30 de junho de 2011, ou então ele volta a integrar o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Os trabalhadores afetados pelas chuvas em Alagoas e Pernambuco também poderão sacar com antecedência o abono salarial. O valor destinado a 221 mil trabalhadores que sofreram com a situação chega a R$ 112,7 milhões.

Segundo o MTE, 63 mil deles receberão o dinheiro mediante crédito em conta, 29 mil junto com o salário de julho e agosto e os trabalhadores que tiverem direito e não têm convênio para depósito poderão efetuar o saque nas agências da CEF entre os dias 20 de julho e 10 de agosto, independentemente da data prevista no calendário.
Hospedagem: UOL Host