UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/07/2010 - 10h55

Em franca expansão, mercado de animação digital busca profissionais

SÃO PAULO – Quem nunca assistiu, certamente já ouviu falar do filme “A Era do Gelo”. Porém, o que poucos sabem é que o diretor desse longa de animação é o brasileiro Carlos Saldanha. Outra novidade: ele não é o único a se destacar no mundo da animação. Este ano, o diretor brasileiro Marcelo de Moura foi indicado ao Oscar de melhor longa-metragem de animação, com o filme "Brendan e o Segredo de Kells". Coincidência? Não, já que isso reflete a realidade do mercado de animação no Brasil.

Em franca ascensão, a animação digital nunca esteve tão aquecida no País, especialmente do ponto de vista de produção e investimentos, a começar pelo próprio AnimaTV (Programa Nacional de Desenvolvimento da Animação Brasileira), lançado pelo Ministério da Cultura. De acordo com dados da ABCA (Associação Brasileira de Cinema de Animação), o Brasil é o quinto país que mais produz conteúdo animado e, para 2010, existe a expectativa de que o mercado cresça 6%.

“Estamos vivendo um momento em que vários realizadores estão produzindo tanto para a TV como para a publicidade. Para se ter uma ideia, sofremos até com carência de mão-de-obra”, afirma o coordenador do curso de animação da FAAP e membro do ABCA, Eliseu Lopes.

O clique para o sucesso Habilidade e muita criatividade. Sem essas duas ferramentas, um profissional de animação não terá como desenvolver o seu trabalho com técnica e sucesso. 

Trata-se de um segmento que requer talentos variados, como no caso de um projeto em 2D, que demanda profissionais que saibam desde esculpir bonecos até animá-los por "Stop Motion". Se o desafio for em 3D, alguém que domine muito bem um determinado software será facilmente lembrado.

"Porém, em todos esses casos, o profissional tem de querer contar uma história", explica Lopes. Segundo o coordenador da FAAP, a animação ainda exige posições como roteirista, diretor de efeitos especiais e produtor. Nesse mercado, ao passo que a tecnologia avança, novos trabalhos aparecem.

Muito trabalho e bons salários Trabalhar em uma animação de 30 segundos, por exemplo, consiste em um trabalho de semanas. Entretanto, a tarefa de um animador, que irá desenvolver as cenas, movimentos, entre outras funções, pode ser muito bem recompensada.

Segundo Lopes, um animador que desenvolve um trabalho publicitário para uma agência, por exemplo, pode receber até R$ 15 mil para animar um filme.

Oportunidades não faltam. O mercado de animação emprega profissionais nas produtoras de publicidade, nas agências de propaganda, com o videografismo – vinhetas e aberturas – nos veículos de televisão, além das produtoras de longas e curtas-metragens. O grande contratante no Brasil é a publicidade, revela Lopes.

A importância de uma formação Investir na carreira, seja em cursos de informática ou mesmo em cursos de comunicação visual que envolvam disciplinas da área, é o primeiro passo a ser tomado por um interessado em ingressar na animação. Tudo isso se adquire em sala de aula. 

"O networking na escola é importantíssimo, já que os alunos têm contato direto com os palestrantes trazidos, além do dia a dia com professores que atuam no mercado", afirma Lopes.

Em decorrência do crescimento do mercado de animação digital no Brasil, muitas escolas passaram a incluir em suas grades a disciplina "animação". O número de profissionais especializados na área ainda é pequeno, o que torna ainda mais importante os estudos para seguir nessa carreira.

"Sugerimos ao aluno procurar um estágio na metade do curso, para que assim ele possa desenvolver uma série de pequenos trabalhos. Os iniciantes começam como assistentes, mas, se mostrarem suas habilidades, certamente irão crescer", finaliza Lopes.

Fique ligado! Em 2010, o Anima Mundi, principal evento da área de animação, celebra o seu 18º aniversário. De 16 a 25 de julho, profissionais de vários cantos do mundo estarão reunidos no Rio de Janeiro para a primeira etapa nacional. Já nos dias 28 de julho a 1º de agosto será a vez de São Paulo receber o evento. Uma ótima oportunidade para fazer contatos e saber um pouco mais sobre animação.
Hospedagem: UOL Host