! Berlusconi: renúncia de Fazio foi um "gesto de responsabilidade" - 19/12/2005 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

19/12/2005 - 17h06

Berlusconi: renúncia de Fazio foi um "gesto de responsabilidade"

[selo]
ROMA, 19 Dez (AFP) - O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, aplaudiu nesta segunda-feira a renúncia do diretor do Banco da Itália, Antonio Fazio, classificando-a de "gesto de responsabilidade".

Em um programa de TV, Berlusconi admitiu que esperava a renúncia de Fazio, que vinha sendo exigida há vários meses pela maioria das forças políticas.

"Pessoalmente não tenho dúvidas sobre sua honorabilidade nem sobre seu comportamento. Esperava a renúncia de Fazio porque sabia que ele iria demonstrar seriedade e responsabilidade", assegurou o chefe do governo italiano.

Fazio, investigado pela Justiça italiana por abuso de poder e uso indevido de informações confidenciais, renunciou ao cargo vitalício após um escândalo que já durava meses.

É "um ato responsável que esperávamos e pedíamos há tempos", comentou, por sua vez, o líder do maior partido de esquerda, o Democrático de Esquerda (DS), Piero Fassino.

O líder da oposição de centro-esquerda, Romano Prodi, aplaudiu como um "ato devido" a saída de Fazio e se ofereceu para "cooperar" com o governo de centro-direita para a escolha de um sucessor que garanta o prestígio e a seriedade da entidade.

"Não temos um candidato. Mas o próximo diretor deve ser uma pessoa com uma boa imagem internacional, que saiba se posicionar no complicado mundo dos bancos emissores", comentou.

Numerosos nomes circulam como possíveis sucessores, entre eles o ex-executivo do Banco Central Europeu, Tommaso Padoa-Schioppa, o ex-diretor-geral do Tesouro italiano, Mario Draghi, e o ex-comissário europeu Mario Monti.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host