! Mercosul felicita Bolívia por "transparência" no referendo constitucional - 26/01/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

26/01/2009 - 14h11

Mercosul felicita Bolívia por "transparência" no referendo constitucional

[selo]
MONTEVIDÉU, 26 Jan 2009 (AFP) - O Mercosul felicitou nesta segunda-feira o povo da Bolívia pela "extraordinária jornada de transparência democrática" no referendo constitucional celebrado neste domingo no país andino, que aprovou a nova Carta Magna impulsionada pelo presidente Evo Morales.

"Presenciamos eleições exemplares, que mostram a extraordinária vocação aos bolivianos por submeter suas decisões políticas transcendentes ao pronunciamento da vontade popular", destacou um comunicado do bloco regional que integram a Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, com a Venezuela em processo de adesão, e Chile e Bolívia, na qualidade de associados,

A Presidência do Parlamento do Mercosul e a Comissão de Representantes Permanentes, que coordenaram a missão de observadores eleitorais enviados à Bolívia, verificou o rigor dos bolivianos para cumprir com seus deveres no momento de votar e das autoridades para preservar o sigilo.

"Também comprovamos o cumprimento das regras no momento da votação", acrescentaram os responsáveis da missão liderada pelo presidente do Parlamento, Florisvaldo Fier.

Em virtude de considerar as eleições "legais, legítimas e apegadas aos regulamentos eleitorais", o Mercosul disse que não tem dúvida de que serão respeitadas por todos os bolivianos, desde o presidente Evo Morales a cada um dos cidadãos, em todas as regiões e cantos da querida Bolívia".

Os resultados preliminares da consulta indicam que a nova Constituição, que reforça o papel do Estado e os poderes dos indígenas, foi aprovada com 60% dos votos, apesar de o "não", defendido pela oposição, ter vencido em quatro dos nove departamentos do país.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host