! Boeing prevê suprimir 10.000 empregos este ano, diz presidente - 28/01/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

28/01/2009 - 14h48

Boeing prevê suprimir 10.000 empregos este ano, diz presidente

[selo]
NOVA YORK, 28 Jan 2009 (AFP) - O fabricante Boeing americano prevê suprimir 10.000 empregos ainda este ano, anunciou seu presidente, Jim McNerney, em teleconferência, explicando que o grupo deverá preparar-se para enfrentar um clima econômico difícil.

Essa cifra representa 6,25% dos efetivos do grupo, que chegam, atualmente, a 160.000. As 4.500 supressões de empregos anunciadas no início de janeiro na divisão da aviação comercial fazem parte desses 10.000, informou à AFP John Dern, um porta-voz do grupo.

"A economia mundial continua a enfraquecer. Isso afeta o tráfego aéreo e o financiamento" às companhias aéreas, explicou McNerney.

Nessa perspectiva, "vimo-nos obrigados a reduzir o número de empregos em zonas alvo de nossa empresa", afirmou, evocando a cifra de 10.000 postos de trabalho.

Essas supressões serão feitas, principalmente, através de incentivos a aposentadorias voluntárias.

A Boeing havia anunciado mais cedo, nesta quarta-feira, um lucro líquido, em 2008, inferior em um terço ao do ano anterior, depois de uma greve de seus mecânicos, que causou perdas no quarto trimestre.

Os números de 2008 foram de um lucro de 2,7 bilhões de dólares, o que representa retrocesso de 34% em relação a 2007. O resultado equivale a 3,71 dólares por ação, segundo comunicado da empresa.

Já o construtor aeronáutico europeu Airbus havia anunciado no dia 15 de janeiro ter retomado a dianteira sobre seu adversário Boeing em 2008 ao acumular 777 pedidos de aviões, contra 662 do concorrente americano, mas que também previa um ano 2009 horrível por causa da crise econômica mundial.

No setor de entregas de aviões, a Airbus também superou a Boeing em 2008, assim como em 2007: entregou 483 aparelhos, ou seja, 30 a mais que em 2007, contra 375 no caso da empresa americana, afetada em cheio pela greve em suas fábricas em setembro e outubro.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host