! Manifestantes islandeses festejam a demissão do governo - 31/01/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

31/01/2009 - 16h21

Manifestantes islandeses festejam a demissão do governo

[selo]
REIKIAVIK, 31 Jan 2009 (AFP) - Cerca de 1.500 pessoas se concentraram em Reikiavik neste sábado para festejar a demissão do governo e a convocação de eleições antecipadas, depois de semanas de protestos em todo o país pela profunda crise financeira vivida nesta ilha.

O primeiro-ministro da Islândia, Geir Haarde, anunciou na segunda-feira passada a renúncia imediata de seu gabinete, em consequência da crise econômica que afeta o país há quatro meses.

O governo islandês se viu submetido a uma forte pressão por parte da opinião pública, que exigia uma prestação de contas por causa da implosão econômica do país.

A Islândia, uma pequena ilha do norte da Europa de 320.000 habitantes, foi uma das primeiras vítimas da crise financeira mundial, por ter assegurado a tranqüilidade financeira no setor bancário.

A expectativa agora é de que uma nova coalizão seja formada para conduzir o governo às eleições gerais. Haarde havia antecipado a data das eleições na semana passada.

O sistema financeiro da Islândia entrou em colapso em outubro, com o peso de uma dívida acumulada durante anos de crescimento econômico rápido: o governo se viu obrigado a negociar empréstimos da ordem de US$ 10 bilhões com o Fundo Monetário Internacional (FMI) e com vários países europeus.

A moeda islandesa, a coroa, sofreu grande desvalorização, e o desemprego no país aumentou. Segundo as previsões dos técnicos, a economia da Islândia poderá encolher 9,6% em 2009.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host