! Alemanha: CSU, aliada de Merkel, rejeita saída de ministro - 07/02/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

07/02/2009 - 17h25

Alemanha: CSU, aliada de Merkel, rejeita saída de ministro

[selo]
BERLIM, 7 Fev 2009 (AFP) - O partido alemão União Social Cristã (CSU), aliado do governo da chanceler Angela Merkel, rejeitou o pedido de renúncia do ministro da Economia, Michael Glos (CSU), informou o canal de TV pública ZDF, neste sábado à noite.

Glos entregou o cargo, em uma carta ao presidente do partido, Horst Seehofer, disse à AFP um porta-voz da pasta.

De acordo com a ZDF, Seehofer recusou a oferta e assegurou ao ministro sua "confiança", pedindo-lhe que continue no governo.

Segundo a edição dominical do jornal "Bild am Sonntag", o ministro informou a chanceler, no sábado, por telefone, de sua intenção de deixar o posto. O porta-voz não confirmou essa informação.

A "grande coalizão" que governa a Alemanha é composta pela União Democrata Cristão (CDU), de Merkel, a CSU, de Seehofer, e o partido Socialdemocrata (SPD).

Como motivo da renúncia, Glos alegou sua idade e uma necessidade de "renovação" na CSU, completou o jornal.

Em um contexto de crise e de economia debilitada, as tensões se acumularam nos últimos meses no governo de coalizão, entre o Ministério da Economia, dirigido por um conservador partidário de reduzir os impostos para apoiar a economia, e o das Finanças, liderado pelo socialdemocrata Peer Steinbrück.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host