UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/02/2009 - 06h22

Espanha não saiu da recessão no 4º trimestre de 2009

A economia espanhola permaneceu em recessão no quarto trimestre de 2009, com uma queda do Produto Interno Bruto (PIB) de 0,1% na comparação com o período anterior, segundo dados provisórios do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Na comparação com o último trimestre de 2008, a contração foi de 3,1%.

No conjunto de 2009, o PIB espanhol sofreu um retrocesso de 3,6%.

A Espanha entrou em recessão no fim de 2008, sob o impacto da crise financeira internacional e da explosão da bolha imobiliária, e é a única grande economia europeia que ainda não conseguiu retomar o crescimento.

Os dados do último trimestre mostram, no entanto, que a atividade global atenuou a contração, segundo o INE.

O governo socialista espnanhol considera que o pior da crise já passou, apesar da ainda grave situação social.

O índice de desemprego espanhol é de quase 19%, praticamente o dobro da média dos 16 países da zona euro (10%) e dos 27 que integram a União Europeia (9,6%).

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host