UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/02/2009 - 22h18

Press Release from Business Wire : Melbourne International Airport

MELBOURNE, (BSW) - Cientistas e técnicos de foguetes na região de Melbourne, na Flórida, e gigantes da aviação internacional, como a Embraer, estão integrando a mão de obra de alta qualidade que a desativação do ônibus espacial está deixando para trás. Com funcionários do Melbourne International Airport e da cidade de Melbourne na frente, quase mil dos 8 mil cargos que devem ser perdidos estão sendo substituídos por empresas globais inteligentes, meses antes do lançamento do último ônibus espacial.

Na segunda feira, 21 de fevereiro, os primeiros empregos se tornarão uma realidade quando a Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A. - NYSE: ERJ; BM&FBOVESPA:EMBR3), abrir as portas de seu complexo de US$ 41 milhões no Melbourne International Airport, contratando, inicialmente, 200 trabalhadores altamente treinados, com salário médio de US$ 50.000. A folha de pagamento anual da primeira montadora de aeronaves norte-americana da Embraer vai ultrapassar US$ 10 milhões, resultando em um impacto econômico local de US$ 23 milhões por ano.

"Estamos na porta de entrada de nossa recuperação econômica", disse o prefeito de Melbourne, Harry Goode. "Temos o talento, o terreno e, felizmente, o clima. Não é necessário um cientista de foguetes para entender que é aqui que as empresas internacionais devem crescer. A Embraer descobriu isso primeiro".

A Embraer é uma de três empresas de fabricação e manutenção que anunciaram planos de se transferir para o aeroporto e usufruir da mão de obra disponível do ônibus espacial.

Diferente de vários sítios industriais que têm espaço limitado para crescer, o Melbourne International Airport ainda tem 500 acres de terra disponíveis para desenvolvimento. O aeroporto oferece uma verdadeira rede de transporte quadrimodal que inclui ar, terra, mar e espaço-portos.

"Não há muitas cidades no mundo que possam oferecer isso", disse Goode, que também atua como presidente da autoridade aeroportuária de Melbourne.

A Embraer vai dividir uma área com outras empresas Fortune 100, um fenômeno que está sendo reconhecido internacionalmente como um aglomerado de aviação e fabricação de aeronaves. A sede mundial da Harris Corp. está logo ali, junto com a Northrop Grumman, General Electric, Rockwell Collins, DRS e outros.

O representante da Flórida no Senado dos EUA, Bill Posey, o antigo astronauta Bill Nelson e o governador da Flórida, Rick Scott, comemoraram a decisão da Embraer com um comunicado em vídeo que deve ser divulgado hoje. Para um link direto, acesse www.MLBair.com.áPara saber mais sobre Melbourne, Flórida, acesse www.melbourneflorida.org ou www.spacecoastedc.org.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

www.businesswire.com/cgi-bin/mmg.cgi?eid=6611717&lang=pt
Hospedagem: UOL Host