! Wall Street consegue se recuperar, depois de cinco sessões em queda livre - 04/03/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

04/03/2009 - 19h36

Wall Street consegue se recuperar, depois de cinco sessões em queda livre

[selo]
NOVA YORK, EUA, 4 Mar 2009 (AFP) - A Bolsa de Nova York terminou em forte alta nesta quarta-feira, depois de cinco sessões consecutivas de queda, recuperação estimulada pelo setor de matérias-primas, apesar da divulgação de mais indicadores econômicos sombrios: o Dow Jones subiu 2,23%, e o Nasdaq, 2,48%.

O Dow Jones Industrial Average avançou 149,82 pontos, a 6.875,84 unidades, enquanto o Nasdaq, de forte componente tecnológico, ganhou 32,73 pontos, a 1.353,74 unidades, com um grande volume de operações.

O índice ampliado Standard & Poor's 500, por sua vez, subiu 2,38% (16,54 pontos), a 712,87 unidades, um dia depois de ter encerrado abaixo dos 700 pontos pela primeira vez desde outubro de 1996.

"Não há grande coisa de novo ou bom esta semana que possa explicar esta recuperação. Mas o mercado estava atrativo, depois de cinco sessões consecutivas de baixa no índice Dow Jones", estimou Marc Pado, da Cantor Fitzgerald.

O nervosismo não chega aos níveis negativos do outono passado, e os investidores se voltam agora para alguns setores considerados de risco, como a tecnologia e os semicondutores, destacou o analista.

No entanto, "nada vai fazer os investidores se sentirem melhor", já que as más notícias não param de chegar.

O Federal Reserve (Fed, o banco central americano) pintou um quadro ainda mais nefasto da atividade econômica dos Estados Unidos em janeiro e fevereiro, em seu último relatório do "livro bege", publicado nesta quarta-feira.

Os governos, por sua vez, continuam atuando contra a crise. A adminsitração de Barack Obama finalmente divulgou os detalhes de seu pacote de ajuda ao mercado imobiliário, enquanto o mercado aguarda novas medidas de reativação econômica na China.

As esperanças incentivaram as compras no setor de matérias-primas, que anunciaram amplos lucros. As ações das petroleiras ExxonMobil e Chevron acumularam +2,05% e +2,68%, respectivamente.

O mercado de obrigações caiu. O rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos aumentou a 3,011%, contra 2,938% na terça-feira, e o dos títulos a 30 anos de prazoaubiu a 3,698%, contra 3,698% da véspera.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host