! Itália: fechada a fábrica da Indesit em Turim - 05/03/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

05/03/2009 - 16h39

Itália: fechada a fábrica da Indesit em Turim

[selo]
MILÃO, Itália, 5 Mar 2009 (AFP) - O grupo italiano de eletrodomésticos Indesit anunciou nesta quinta-feira o fechamento da fábrica de lava-louças de Turim, (norte da Itália), devido à queda da demanda.

Serão afetadas 600 pessoas num momento em que aumenta, na Itália, os temores de uma explosão do desemprego.

A Indesit diz que "o nível de competitividade da fábrica é insuficiente" em relação à da indústria Radomsko, na Polônia.

Antes do fechamento da fábrica, os sindicatos convocaram uma greve em todas as empresas do grupo para o dia 20 de março, assim como manifestação em Turim nesse mesmo dia.

A Indesit possui sete fábricas, onde trabalham 5.000 pessoas.

O setor de eletrodomésticos atravessa uma forte crise em nível mundial devido à redução do consumo; até a americana Whirlpool planeja suprimir 5.000 postos de trabalho em 2009.

Nesta mesma quinta-feira, milhares de aposentados se manifestaram em Roma para pedir um aumento das pensões e benefícios devido à alta do custo de vida.

Em 27 de fevereiro passado, empresários, operários, artesãos e estudantes marcharam pelas ruas de Prato (Toscana, norte da Itália) para solicitar ao governo mais ajuda ante a crise do setor têxtil que, nos últimos nove anos, assistiu ao fechamento de 1.867 empresas e à perda de 9.000 postos de trabalho.

Na terça-feira houve manifestação em Pomigliano d'Arco, perto de Nápoles (sul), com a participação de 20.000 pessoas contra a paralisação parcial da fábrica da Fiat nessa região, que emprega 5.000 pessoas.

O maior grupo industrial do país, que dâ emprego em toda a península a 78.000 pessoas, aplica o sistema de licenciamentos técnicos desde outubro passado para frear a crise do setor.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host