! Moody's publica lista de 283 empresas com risco de concordata - 10/03/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

10/03/2009 - 13h06

Moody's publica lista de 283 empresas com risco de concordata

[selo]
NOVA YORK, EUA, 10 Mar 2009 (AFP) - A agência de classificação de risco Moody's Investors Service anunciou nesta terça-feira que passará a publicar uma lista mensal das empresas americanas mais próximas da concordata.

Depois que a Moody's e suas concorrentes Standard & Poor's e Fitch Ratings foram acusadas de terem sido condescendentes demais com as empresas, em particular os bancos, cujas dificuldades eram previsíveis, a agência nova-iorquina indicou que agora pretende "ajudar os investidores a determinar quais empresas estão submetidas às maiores pressões em um período de mercados de crédito ajustados e fragilidade econômica mundial".

Na lista aparecem 283 empresas, das quais mais de 45% poderão estar em default ou em quebra nos 12 próximos meses, segundo a Moody's.

Todos os setores estão representados na lista, desde o automotivo (General Motors, Ford, Chrysler) ao aeronáutico (American Airlines, United Airlines, US Airways, JetBlue), informático (Palm, AMD, Unisys, Freescale) moda (Barney's, BCBG Max Azria, Quiksilver), pequenas empresas de petróleo e cassinos (Harrah's, Fontainebleau...).

Há mais do dobro de empresas na lista do que haveria um ano atrás, destacou no comunicado um vice-presidente da Moody's, David Keisman, indicando que isto se deve ás previsões da Moody's de uma taxa de default em forte alta este ano entre os valores especulativos".

No total, quase um quarto das empresas consideradas valores especulativos (nota "Ba1" para baixo) foram incluídas na lista, enquanto um ano atrás a taxa teria sido de 12%, e há dois anos de apenas 9%, segundo a Moody's.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host