! Fed sabia sobre pagamento de bônus na AIG, mas não informou a Obama - 19/03/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

19/03/2009 - 08h35

Fed sabia sobre pagamento de bônus na AIG, mas não informou a Obama

[selo]
WASHINGTON, EUA, 19 Mar 2009 (AFP) - Funcionários do Federal Reserve (Fed, banco central) sabiam do pagamento dos polêmicos bônus a executivos da seguradora AIG, mas não informaram ao Tesouro nem à Casa Branca durante meses, informa o jornal Washington Post.

A American International Group (AIG) informou ao Fed há três meses que em 15 de março pagaria 165 milhões de dólares a funcionários da divisão de Produtos Financeiros, destaca o Post.

Os bônus foram distribuídos entre altos funcionários da divisão da AIG que justamente deixou a empresa à beira do colapso e cujs intrincados negócios com redes de bancos mundiais foram, em parte, o gatilho da crise financeira global.

O secretário do Tesouro, Timothy Geithner, afirmou ao Post que ele não estava a par do valor elevado dos bônus, nem do momento escolhido para os pagamentos.

"Eu fiquei estupefato quando soube na terça-feira (10 de março) o quão ruim isto era. Eu não deveria ter estado nesta posição, mas é minha responsabilidade eu aceito isto", afirmou Geithner ao jornal.

Geithner se reuniu com sua equipe e considerou as opções, mas concluiu que o governo não poderia modificar os contratos de trabalho já assinados e acordados.

O secretário do Tesouro informou então um alto funcionário da Casa Branca, que comunicou ao presidente Obama em 12 de março, um dia antes dos pagamentos, relata o Post.

A AIG foi salva da falência com uma injeção de 85 bilhões de dólares por parte do governo em setembro pasado, quando Geithner dirigia o Fed de Nova York e estaba envolvido na questão. Com o passar dos meses, a ajuda financeira chegou a US$ 180 bilhões.

O governo americano resgatou a gigante dos seguros por considerar que os vínculos da empresa com uma intrincada rede mundial de bancos provocaria um risco iminente de colapso financeiro não apenas nos Estados Unidos, mas a nível global.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host