UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/03/2009 - 07h12

Zapatero promete austeridade máxima

O presidente do governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, se declarou nesta quarta-feira comprometido com a aplicação de uma "austeridade máxima", em resposta às dúvidas dos mercados sobre a capacidade da Espanha de reduzir a 3% o déficit público em 2013.

"O governo tem um firme compromisso com a redução do déficit e com a austeridade máxima nesta etapa", declarou no Congresso dos Deputados.

Zapatero anunciou que o governo apresentará em abril um plano de austeridade para as empresas públicas, que incluirá a redução das estruturas da administração geral do Estado.

O governo socialista anunciou no fim de janeiro um plano de austeridade para economizar 50 bilhões de euros entre 2010 e 2013, com o objetivo de limitar o déficit, que superou 11% do Produto Interno Bruto (PIB), a 3% em 2013.

A economia espanhola está em recessão desde o fim de 2008, o que elevou o índice de desemprego a mais de 10% e o déficit público a 11,4%.

Os investidores internacionais manifestaram preocupação sobre a capacidade da Espanha de sanear as contas públicas, temendo uma situação parecida com a da Grécia, que tem muitas dificuldades para enfrentar a dívida e déficit públicos.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host