! Comissão Europeia aumenta prazo para redução de déficits - 24/03/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

24/03/2009 - 15h02

Comissão Europeia aumenta prazo para redução de déficits

[selo]
BRUXELAS, Bélgica, 24 Mar 2009 (AFP) - A Comissão Europeia estendeu nesta terça-feira o prazo concedido a vários países para reduzir seus déficits, mostrando o desejo de evitar o confronto num momento em que as finanças públicas dos Estados são abaladas pela crise econômica.

O executivo europeu decidiu conceder à França e à Espanha um prazo de até 2012 para levar seus déficits respectivos abaixo do limite máximo tolerado, de 3% do Produto Interno Bruto (PIB).

A Irlanda terá até 2013. Já a Grécia deverá corrigir seu déficit até 2010.

Em fevereiro, a Comissão advertiu estes países por déficits excessivos.

O objetivo das advertências é pressionar estes estados para que reduzam seus déficits, com a ameaça de eventuais sanções financeiras para as nações da zona euro.

O executivo europeu decidiu nesta terça-feira adiar de abril de 2010 para abril de 2014 o prazo concedido ao Reino Unido - único Estado, junto com a Hungria, contra o qual já foi lançado um processo por déficit excessivo - para reduzir seu déficit para 3%.

Estes prazos ainda têm que ser aprovados pelos ministros europeus das Finanças.

Os longos prazos definidos provam que a Comissão quis evitar um conflito com os países e mostrar flexibilidade, num momento em que a Europa passa por sua pior recessão em mais de 60 anos.

Os déficits dos países europeus bateram recordes. De acordo com as últimas previsões da Comissão para 2009, o déficit grego deve chegar a 3,7% do PIB, o da França a 5,4%, o da Espanha a 6,2%, o do Reino Unido a 8,8% e o da Irlanda a 11%.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host