! GM, Ford, Chrysler, gigantes centenários de meio milhão de funcionários - 30/03/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

30/03/2009 - 14h35

GM, Ford, Chrysler, gigantes centenários de meio milhão de funcionários

[selo]
NOVA YORK, EUA, 30 Mar 2009 (AFP) - A General Motors, a Ford e a Chrysler, os três construtores automobilísticos fundados no início do século 20 nos arredores de Detroit (Michigan, norte dos EUA), empregam meio milhão de pessoas no mundo e venderam ano passado 13,24 milhões de veículos.

GENERAL MOTORS
O maior construtor automobilístico americano, com sede em Detroit, comemorou ano passado um século de existência.

Ele contava no fim de 2008 com 244 mil empregados no mundo, dos quais a metade nos EUA, onde está presente em cerca de 30 Estados. O construtor vai cortar 47 mil empregos este ano, dos quais 26 mil no exterior, levando seu número de efetivos a 200 mil pessoas.

A GM foi privada ano passado do título de líder do setor automobilístico no mundo, que ficou para a Toyota, com as vendas em queda a 8,35 milhões de veículos. O grupo está presente através das marcas Buick, Cadillac, Chevrolet, GMC, GM Daewoo, Holden, Hummer, Opel, Pontiac, Saab, Saturn, Vauxhall e Wuling.

O construtor quer, no entanto, quer ser centralizar nas marcas Cadillac, Buick, Chevrolet e GMC. O futuro de suas filiais europeias Opel, que emprega cerca de 50 mil pessoas, e Saab, cujos efetivos chegaram a 4.100 pessoas, se torna uma incógnita.

A GM perdeu mais de US$ 82 bilhões desde 2005, dos quais cerca de US$ 31 bilhões somente no ano 2008.

O presidente Rick Wagoner, no cargo desde 2003, acaba de demitido, por decisão de Washington. Foi substituído por Fritz Hendersen, um executivo que fez toda a carreira na GM.

FORD
O mais antigo dos três grandes, fundado em 1903, tem sede em Dearborn, não longe de Detroit, e emprega quase 213 mil funcionários no mundo.

Diferentemente de seus compatriotas, a GM e a Chrysler, se recusou no fim de 2008 a recorrer à ajuda federal e garantiu desde então poder se recuperar sozinha.

Em 2008, vendeu aproximadamente 5,4 milhões de veículos das marcas Ford, Lincoln, Mercury, Volvo e Mazda.

Dirigido desde 2006 por Alan Mulally, a Ford tem hoje 91 fábricas no mundo, das quais 34 na América do Norte.

O grupo acumula quase US$ 30 bilhões de perdas desde 2006.

A Ford, que já vendeu suas filiais Jaguar e Land Rover, está agora discutindo a venda de sua filial sueca Volvo Cars. O construtor chinês Geely, número dois do setor em seu país, parece ser um dos interessados. A marca sueca emprega quase 20.000 pessoas no mundo.

CHRYSLER
O menor dos três construtores americanos, aChrysler, existe com este nome desde 1925.

O construtor, com sede em Auburn Mills não longe de Detroit, emprega atualmente quase 54.000 pessoas no total em cerca de 30 fábricas, dos quais 38,2 mil nos EUA.

A Chrysler quer demitir 3.000 empregados este ano no mundo, depois de ter cortado 32 mil entre 2007 e 2008.

Proprietária das marcas Jeep e Dodge, o construtor vendeu 2 milhões de veículos no total em 2008. Ela aposta numa parceria com o italiano Fiat para completar sua gama na direção dos pequenos veículos econômicos em combustíveis.

Recomprada pelos fundos de investimentos Cerberus no verão de 2007, a Chrysler não é mais cotada em Bolsa e portanto não tem o dever de publicar seus dados financeiros.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host