UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

31/03/2009 - 17h12

Venezuela estuda emitir títulos lastreados em ouro

O governo da Venezuela estuda emitir este ano bônus da dívida pública lastreados nas reservas de ouro do país, informou nesta quarta-feira o ministro das Indústrias Básicas e Mineração, Rodolfo Sanz.

"Contamos com uma reserva de ouro bastante importante. De forma que podemos emitir títulos", explicou Sanz a jornalistas.

"Estamos trabalhando e estudando a possibilidade de fazer a emissão com o Banco Central da Venezuela (BCV) e esperamos instruções do presidente (da Venezuela, Hugo) Chávez", declarou.

O ministro disse que, caso o projeto seja aprovado, os títulos serão emitidos este ano, e completou que "chegou o momento de utilizar nossos recursos minerais mais intensamente". "Queremos converter esse setor na segunda fonte de entrada de recursos no país."

Além disso, Sanz informou que seu escritório prepara um convênio com o BCV para a exploração de resíduos originados da produção do ouro das quais poderiam participar empresas de capital estrangeiro.

"Dividimos os setores de exploração das reservas auríferas em vários blocos. Quem quiser participar aportando capital poderá fazê-lo, porque o processo é muito mais fácil que colocar explosivos em uma mina", explicou.

"Poderão vir empresas estrangeiras ou nacionais, sempre que cumprirem as condições do Estado venezuelano", completou.

A Venezuela é o 15° país do mundo em reservas de ouro com 363,70 toneladas do mineral, segundo cifras oficiais e produz anualmente em torno de 4,2 toneladas.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host