! Wall Street sobe e termina março no azul - 31/03/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

31/03/2009 - 18h29

Wall Street sobe e termina março no azul

[selo]
NOVA YORK, EUA, 31 Mar 2009 (AFP) - A Bolsa de Nova York fechou em alta nesta terça-feira, no dia do encerramento contábil do trimestre, como o índice Dow Jones ganhando 1,16% e o Nasdaq, 1,78%.

O Dow Jones Industrial Average subiu 86,90 pontos, e 7.608,92 unidades, e o Nasdaq, de alto componente tecnológico, ganhou 26,79 unidades, a 1.528,59.

O índice Standard & Poor's 500, mais representativo, avançou 1,31% ou 10,34 pontos, a 797,87 unidades.

Após dois pregões marcados por baixas, na sexta e na segunda-feira, o mercado fechou março no azul, com o Dow Jones ganhando 7,7%.

"Chegamos ao fim do trimestre, os investidores compraram títulos ao final de um mês um pouco melhor", explicou Anthony Conroy, do BNY Convergex Group.

"Começamos a ver algumas notícias positivas, o setor financeiro se estabiliza (...). Estamos em um processo de formação de um piso" para os preços, afirmou Conroy.

Dos indicadores divulgados hoje, os investidores se concentraram no otimismo dos consumidores, que melhorou levemente em março, apesar do movimento não ter "nada de impressionante", dise Peter Cardillo, da Avalon Partners.

Já o índice do instituto privado de conjuntura Conference Board, que ficou inferior às previsões dos analistas, se manteve próximo de seus menores níveis históricos.

A atividade industrial na região de Chicago também ficou abaixo das expectativas, caindo em ritmo acelerado em março.

Finalmente, no setor imobiliário, os preços das residências nos Estados Unidos registraram em janeiro uma queda recorde de 19% em relação ao mesmo mês do ano passado, segundo o índice S&P/Case-Shiller

As ações dos Bancos, castigados na véspera, se recuperaram hoje: Bank of America subiu 13,10%, Citigroup, 9,52%, e JPMorgan Chase, 6,96%.

No mercado obrigatório, o rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos caiu a 2,685%, contra 2,714% na noite de segunda-feira, e o dos títulos a 30 anos fechou em 3,561%, contra 3,602% na véspera.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host