UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/04/2009 - 14h14

Petróleo fecha em alta e alcança 85 dólares em Nova York

Os preços do petróleo fecharam em alta nesta quinta-feira em Nova York, com o barril de referência chegando brevemente aos 85 dólares, seu nível mais alto em mais de 17 meses. Os investidores ficaram otimistas em relação à economia mundial depois da publicação de uma série de indicadores.

No New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do "light sweet crude" para entrega em maio fechou em 87,87 dólares, alta de 1,11 dólar na comparação com o fechamento da véspera.

O preço do barril alcançou os 85,22 dólares no dia, seu nível mais alto desde 9 de outubro de 2008.

Em Londres, no InterContinentalExchange, o barril do Brent do Mar do Norte com a mesma data fechou com ganho de 1,31 dólar, a 84,01 dólares.

"Continuamos vendo indicadores econômicos positivos, o mercado está otimista e os preços continuam avançando e alcançando novos picos", disse Tom Bentz, do BNP Paribas.

Na China, motor da demanda energética, o Índice de Gerente de Compras registrou alta em março, indicando nova expansão da atividade manufatureira.

O índice do banco HSBC ficou em 57 pontos, seu nível mais alto desde 2004, e o índice oficial, estabelecido pela China Federation of Logistics and Purchasing (CFLP) subiu a 55,1, contra 52 em fevereiro.

No Japão, o índice Takan, que reflete a confiança das grandes empresas manufatureiras, alcançou seu nível mais alto em 18 meses.

"É particularmente importante para o petróleo, já que China e Japão são, respectivamente, o segundo e o terceiro maiores consumidores do mundo", lembrou Mike Fitzpatrick, da MG Global.

A atividade do setor manufatureiro também se acelerou na zona do euro e nos Estados Unidos, segundo os índices OMI e SMI publicados em cada região, respectivamente.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host