! Wall Street fecha em baixa na expectativa de resultado da Alcoa - 08/04/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

08/04/2009 - 02h14

Wall Street fecha em baixa na expectativa de resultado da Alcoa

NOVA YORK, EUA, 7 Abr 2009 (AFP) - A Bolsa de Nova York fechou em baixa nesta terça-feira, em um mercado preocupado com a situação das empresas americanas e na expectativa do resultado do gigante do alumínio Alcoa: Dow Jones perdeu 2,34% e Nasdaq, 2,81%.

O Dow Jones Industrial Average caiu 186,29 pontos, a 7.789,56 unidades, e o Nasdaq cedeu 45,10 pontos, a 1.561,61.

O índice ampliado Standard & Poor's 500 recuou 2,39% ou 19,93 pontos, a 815,55 unidades.

"O mercado enfrenta o início da temporada de resultados" das empresas, resumiu Al Goldman, do Wachovia Securities.

Como na segunda-feira, os índices de Wall Street operaram no vermelho durante toda a jornada, com volumes de negócios muito baixos, em uma semana encurtada pelo feriado da próxima sexta-feira nos Estados Unidos.

Prudentes, "os operadores realizaram poucas operações e realizaram os lucros obtidos com a recente alta das ações, antes do anúncio dos resultados da Alcoa, que marcam o início da temporada de resultados do primeiro trimestre", explicaram os analistas da Charles Schwab.

"Os operadores se perguntam se as estimativas de lucro foram corretamente corrigidas em função do impacto da recessão mundial e que previsões, se existem, serão divulgadas".

Finalmente, Alcoa registrou um prejuízo de 497 milhões de dólares no primeiro trimestre, levemente superior às previsões, mas bem abaixo do prejuízo do trimestre anterior, que foi de 1,2 bilhão de dólares.

A perda por ação foi de 0,61 dólar, mas com a exclusão de elementos excepcionais, ficou em 0,59 dólar, superando levemente as previsões dos analistas, de 0,57 dólar.

Há um ano, Alcoa registrou um lucro líquido de 303 milhões de dólares.

"A perspectiva de maus resultados é antecipada e o mercado está, principalmente, afetado pela volta do medo sobre o futuro do setor financeiro", disse Peter Cardillo, da Avalon Partners.

Segundo o jornal britânico The Times, o Fundo Monetário Internacional vai anunciar uma estimativa de "ativos tóxicos" dos bancos da ordem de 4 trilhões de dólares.

O índice S&P dos papéis bancários perdeu 3,55%.

No mercado obrigatório, o rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos fechou a 2,909%, contra 2,939% na noite de segunda-feira. Os títulos a 30 anos fecharam a 3,729%, contra 3,758%.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host