! As 20 maiores falências nos EUA desde 1980 - 16/04/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

16/04/2009 - 13h22

As 20 maiores falências nos EUA desde 1980

[selo]
WASHINGTON, EUA, 16 Abr 2009 (AFP) - A falência do grupo proprietário de shoppings centers General Growth, anunciada nesta quinta-feira, é uma das 20 maiores registradas nos EUA desde 1980, segundo o BrankruptcyData.

Esta é a segunda em importância no setor imobiliário, após as da New Century Financial Corporation em abril de 2007.

Algumas destas empresas conseguiram se recuperar e deixar a administração judicial (PG&E, Calpine, UAL, Delta...), outras encontraram compradores para todas ou parte de suas atividades (Lehman Brothers, Washington Mutual, Texaco...), mas Refco e Enron foram liquidadas após fraudes em massa.

Segue a lista das 20 maiores concordatas registradas nos EUA desde 1980, classificadas por ordem de importância de seus ativos.

- 1) Lehman Brothers (banco) - 15 de setembro de 2008 - 691 bilhões de dólares em ativos.

- 2) Washington Mutual (banco) - 26 de setembro de 2008 - 327,9 bilhões

- 3) WorldCom (telecomunicações) - 21 de julho de 2002 - 103,9 bilhões

- 4) Enron (corretora em energia) - 2 de dezembro de 2001 - 65,5 bilhões

- 5) Conseco (seguradora) - 17 de dezembro de 2002 - 61,4 bilhões

- 6) Pacific Gas and Electric (energia) - 6 de abril de 2001 - 36,1 bilhões

- 7) Texaco (petróleo) - 21 de abril de 1987 - 34,9 bilhões

- 8) Financial Corporation of America (banco) - 9 setembro de 1988 - 33,8 bilhões

- 9) Refco (corretora) - 17 de outubro de 2005 - 33,3 bilhões

- 10) Indymac (banco) - 31 de julho de 2008 - 32,7 bilhões

- 11) Global Crossing (telecomunicações) - 28 de janeiro de 2002 - 30,1 bilhões

- 12) Bank of New England (banco) - 7 de janeiro de 1991 - 29,7 bilhões

- 13) Lyondell (química, filial do grupo holandês LyondellBasell) - 6 de janeiro de 2009 - 27,4 bilhões

- 14) Calpine (energia) - 20 de dezembro de 2005 - 27,2 bilhões

- 15) New Century Financial Corporation (imobiliário) - 2 de abril de 2007 - 26,1 bilhões de dólares

- 16) United Airlines (companhia aérea) - 9 de dezembro de 2002 - 25,2 bilhões

- 17) General Growth Properties (imobiliário comercial) - 16 de abril de 2009 - 24 bilhões

- 18) Delta Air Lines (companhia aérea) - 14 de setembro de 2005 - 21,8 bilhões

- 19) Adelphia (operadora) - 25 de junho de 2002 - 21,5 bilhões

- 20) MCorp (banco) - 31 de março de 1989 - 20,2 bilhões

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host