! FMI aprova linha de crédito de 47 bilhões de dólares para o México - 17/04/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

17/04/2009 - 19h50

FMI aprova linha de crédito de 47 bilhões de dólares para o México

[selo]
WASHINGTON, EUA, 17 Abr 2009 (AFP) - O Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou nesta sexta-feira uma linha de crédito por um ano, no valor de 47 bilhões de dólares para o México.

O FMI indicou em comunicado que o governo do México pretende que este acordo seja de caráter precautório, isto é, não pretende usá-lo; servirá para dar sinais de solidez à economia.

"Estamos hoje diante de um fato histórico. A direção executiva do FMI aprovou o primeiro acordo como parte da Linha de Crédito Flexível (LCF) e que é, ao mesmo tempo, o maior acordo financeiro da história do FMI", anunciou o presidente interino dessa divisão do Fundo, John Lipsky.

O diretório "considerou que o México é um excelente candidato a ser o primeiro país a empregar este instrumento. A LCF contribuirá em grande medida a respaldar a estratégia macroeconômica das autoridades e a reforçar a confiança, até que as condições externas melhorem", disse Lipsky.

Há dez anos que o México não recorria ao FMI.

O FMI havia anunciado semana passada uma reforma para simplificar a concessão de seus empréstimos a países em dificuldades, que inclui a criação de uma nova linha de crédito flexível, sem condições ou limite de valor.

Este crédito do Fundo apoiará o peso mexicano e servirá para afastar os temores sobre a queda das reservas nacionais, provocada pela ação do governo para sustentar a moeda local.

O Banco do México (Banxico, central) já vendeu 21,1 bilhões de dólares de reservas, desde outubro passado, para apoiar a moeda local.

Desde o início da crise financeira internacional, o peso mexicano já perdeu mais de 50% de seu valor em relação ao dólar.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host