! Wall Street fecha no azul pela 6ª semana consecutiva - 17/04/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

17/04/2009 - 18h27

Wall Street fecha no azul pela 6ª semana consecutiva

[selo]
NOVA YORK, EUA, 17 Abr 2009 (AFP) - A Bolsa de Nova York fechou em alta nesta sexta-feira, em sua 6ª semana consecutiva no azul, estimulada por resultados de empresas que superaram as previsões: o Dow Jones subiu 0,07% e o Nasdaq, 0,16%.

Operando em baixa por boa parte da manhã, o Dow Jones Industrial Average ganhou 5,90 pontos, a 8.131,33 unidades, e o Nasdaq subiu 2,63 pontos, a 1.673,07.

O índice ampliado Standard & Poor's 500 avançou 0,50% (4,30 pontos), a 869,60 unidades, com um volume moderado de operações.

Trata-se do terceiro pregão consecutivo em alta do principal índice de Wall Street, o que permitiu chegar à sexta semana seguida de ganhos.

"Mais uma vez, as ações financeiras puxaram o mercado", observou Peter Cardillo, da Avalon Partners.

Após Goldman Sachs e JPMorgan Chase, foi a vez do Citigroup publicar um resultado trimestral que superou as previsões dos analistas. O banco destacou que foi o "melhor trimestre" para a instituição "desde o segundo trimestre de 2007", antes de explodir a crise dos "subprimes".

A ação do banco, que recentemente subiu claramente, recuou 8,98%, a 3,65 dólares, devido à realização de lucro.

O restante do setor financeiro se beneficiou com a notícia, e também com os resultados do banco regional BB&T (+11,15%, a 23,42 dólares), sediado na Carolina do Norte.

O índice S&P dos papéis bancários subiu 4,84%.

O grupo General Electric (+0,98%, a 12,39 dólares), barômetro da conjuntura devido à variedade de setores de atividade que cobre, e o gigante da internet Google (+0,90%, a 392,25 dólares) também surpreenderam os mercados com seus resultados.

Os resultados destas empresas "melhoraram o ambiente" no mercado, observou Joseph Hargett, da Schaeffer's Investment.

No mercado obrigatório, o rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos subiram a 2,930%, contra 2,830% na noite de quinta-feira, e os títulos a 30 anos fecharam a 3,785%, contra 3,712%.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host