! Pirataria dispara no início de 2009 na Somália - 21/04/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

21/04/2009 - 07h56

Pirataria dispara no início de 2009 na Somália

[selo]
KUALA LUMPUR , Malásia, 21 Abr 2009 (AFP) - Os ataques de piratas nas costas da Somália registraram um aumento de 10 vezes durante o primeiro trimestre de 2009, na comparação com o mesmo período do ano anterior, anunciou o Escritório Marítimo Internacional (IMF), que tem sede na Malásia.

Segundo o centro de vigilância do IMF, no mesmo período os atos de pirataria em todo o planeta praticamente dobraram, passando de 53 em 2008 a 102 nos três primeoros meses de 2009.

"O aumento no primeiro trimestre de 2009 se deve quase integralmente à multiplicação dos ataques nas costas do Golfo de Aden e na costa leste da Somália", afirma um comunicado do IMF.

Os ataques na Somália passaram de seis a 61 no período.

O diretor do IMF, Pottengal Mukundan, também designou como "zona de alto risco" a Nigéria, que registrou sete incidentes no primeiro trimestre.

Nesta terça-feira, piratas somalis liberaram um navio japonês e os 23 tripulantes filipinos, que estavam sequestrados há cinco meses.

Fontes oficiais informaram que os tripulantes estão em boas condições de saúde e que o navio "Stolt Strengh" navegava em direção ao porto de Kandla, na Índia.

Na Nigéria, um navio de entrega de material para o grupo petroleiro francês Total foi atacado na região de Port Harcourt, sul do país, e o capitão e o maquinista foram tomados como reféns.

O "Ilena Mercan", navio de bandeira turca, havia feito uma escala em Lagos e seguia para o porto de Onne, na região de Port Harcourt.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host