! FMI cita Lula e minimiza importância do sistema de cotas para Brasil e China - 26/04/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

26/04/2009 - 19h05

FMI cita Lula e minimiza importância do sistema de cotas para Brasil e China

[selo]
WASHINGTON, EUA, 26 Abr 2009 (AFP) - O diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, minimizou neste domingo a relação entre o nível das cotas de países emergentes como Brasil ou China e o peso de sua voz dentro do organismo multilateral.

"A voz dos países no Fundo (...) não se baseia tanto no nível das cotas que possuem", disse Strauss-Kahn em entrevista à imprensa, ao falar sobre a reforma preparada pela instituição para dar maior peso ao mundo em desenvolvimento dentro do FMI e de sua instituição irmã, o Banco Mundial.

Strauss-Kahn disse que os dois países são ouvidos através de seu envolvimento nos assuntos econômicos. Citou como exemplo o presidente do Brasil, Luiz Inacio Lula da Silva, que vem dando mais peso a seu país nas discussões no Fundo.

Brasil, Rússia, Índia e China estão na vanguarda de uma série de economias emergentes que buscam maior representação nas instituições com sede em Washington, tradicionalmente dominadas pelos países desenvolvidos.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host