! Wall Street fecha em leve baixa - 28/04/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

28/04/2009 - 18h46

Wall Street fecha em leve baixa

[selo]
NOVA YORK, EUA, 28 Abr 2009 (AFP) - A Bolsa de Nova York fechou nesta terça-feira em leve baixa, em um mercado prudente diante da evolução da epidemia de gripe suína e na véspera de importantes anúncios macroeconômicos nos Estados Unidos: o Dow Jones perdeu 0,10% e o Nasdaq, 0,33%.

O Dow Jones Industrial Average cedeu 8,05 pontos, a 8.016,95 unidades, e o Nasdaq recuou 5,60 pontos, a 1.673,81.

O índice ampliado Standard & Poor's 500 recuou 0,27% (2,35 pontos), a 855,16 unidades, com um volume de operações muito reduzido.

"Foi uma sessão calma, sem grandes movimentações, na véspera de notícias importantes" esperadas para esta quarta-feira, destacou Lindsey Piegza, da FTN Financial.

Uma primeira estimativa do Produto Interno Bruto dos Estados Unidos no primeiro trimestre deve ser publicada amanhã, antes da abertura de Wall Street, e o Fed (banco central) concluirá sua reunião de política monetária durante o pregão.

Em baixa na abertura, os índices de Wall Street reagiram após a publicação do índice de confiança dos consumidores americanos, medido pelo instituto de conjuntura Conference Board.

O indicador subiu 12 pontos em abril, a 39 pontos, superando com folga as previsões e atingindo seu nível mais alto desde novembro de 2008.

"O consumidor está otimista", comentou Gregori Volokhin, do Meeschaert New York.

Apesar da boa notícia, nos últimos minutos do pregão o mercado cedeu aos temores provocados pela gripe suína, segundo Volokhin.

Os investidores também foram abalados por boatos sobre os "testes de resistência" submetidos pelas autoridades americanas aos principais bancos.

Segundo o Wall Street Journal, o Fed disse a Citigroup (-5,86%, a 2,89 dólares) e a Bank of America (-8,63%, a 8,15 dólares) que é preciso reforçar seus fundos, como resultado dos testes.

No mercado obrigatório, o rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos subiu a 3,002%, contra 2,921% na noite de segunda-feira. Os títulos a 30 anos fecharam a 3,955%, contra 3,838%.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host