! UE não vai abandonar a Carta de Energia, questionada por Moscou - 22/05/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

22/05/2009 - 07h00

UE não vai abandonar a Carta de Energia, questionada por Moscou

[selo]
JABAROVSK, Rússia, 22 Mai 2009 (AFP) - A União Europeia (UE) não tem intenção de renunciar à Carta de Energia, apesar de a Rússia questioná-la, declarou nesta sexta-feira o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, em uma entrevista à imprensa.

"Não devemos descartar acordos que já existem há anos. Estamos dispostos a estudar as propostas da Rússia, mas construindo a partir dos acordos existentes", declarou Barroso em uma entrevista à imprensa em Jabarovsk, extremo oriente russo, ao término da Cúpula UE-Rússia.

O presidente russo, Dimitri Medvedev, havia indicado pouco antes que a Rússia não participa nem tem intenção de participar da Carta de Energia.

A Carta de Energia foi adotada em 1991, lofo após a Guerra Fria, por 51 Estados para facilitar a cooperação no setor energético com os países da Europa do Leste e a ex-URSS.

O tratado, assinado desde 1994 por 49 países e a UE, mas nunca ratificado por Moscou, tem objetivo de melhorar a segurança dos abastecimentos em energia e otimizar a produção, o transporte e a distribuição do serviço para a Europa.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host