! Iraque: dois campos de petróleo e um de gás sem investidores - 30/06/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

30/06/2009 - 09h15

Iraque: dois campos de petróleo e um de gás sem investidores

[selo]
BAGDÁ, Iraque, 30 Jun 2009 (AFP) - Dois campos petroleiros e um de gás no Iraque ficaram sem investidores nesta terça-feira, já que o ministério do Petróleo considerou insuficientes as propostas das companhias estrangeiras.

O consórcio chinês formado por CNOOC e Sinopec International Petroleum se negou a explorar o campo petroleiro de Misan (sul), que tem produção de 100.000 barris diários (b/d) e reservas estimadas de 2,6 bilhões de barris.

O consórcio desejava ganhar 25,4 dólares por barril, mas o governo fez uma proposta de apenas US$ 2,3.

No campo petroleiro de Bai Hasan, perto da cidade de Kirkuk (norte), com produção de 147.000 (b/d) e reservas estimadas de 2,4 bilhões de barris, a americana ConoccoPhillips, associada a CNOOC e Sinopec, desejava uma remuneração de 26,70 dólares por barril, bem acima dos US$ 4 propostos pelo governo iraquiano.

Para o campo de gás de Mansuriya, na província de Diyala, ao nordeste de Bagdá, com reservas estimadas em 116,1 bilhões de metros cúbicos, não houve nenhum candidato interessado.

A companhia petroleira britânica BP Exploration Operating Company e a chinesa CNPC Limited ganharam a licitação para explorar o campo petrolífero de Rumaila (sul), com reservas estimadas em 17,7 bilhões de barris.

Este é o maior dos seis campos que as autoridades iraquianas pretendiam conceder nesta terça-feira às empresas estrangeiras.

BP e CNPC concorriam por este campo com um consórcio formado pela americana ExxonMobil Iraq Ltd e a malaia Petronas.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host