! Wall Street resiste pessimismo de consumidores e termina em equilíbrio - 28/07/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

28/07/2009 - 19h56

Wall Street resiste pessimismo de consumidores e termina em equilíbrio

NOVA YORK, EUA, 28 Jul 2009 (AFP) - A Bolsa de Nova York fechou sem direção definida nesta terça-feira, resistindo ao inesperado retrocesso da confiança dos consumidores americanos, graças à boa performance dos valores tecnológicos: o Dow Jones caiu 0,13%, mas o Nasdaq subiu 0,39%.

Depois de três sessões consecutivas em alta, o Dow Jones Industrial Average perdeu 11,79 pontos, a 9.096,72 unidades, enquanto o Nasdaq, de alto componente tecnológico, ganhou 7,62 pontos, a 1.975,51 unidades, segundo números definitivos do fechamento.

O índice Standard & Poor's 500, de composição mais ampla, recuou 0,26% (2,56 pontos), a 979,62 unidades.

Como na segunda-feira, o principal índice de Wall Street limitou suas perdas nos últimos minutos do pregão, depois de passar o dia sob influência da notícia de queda do índice de confiança dos consumidores americanos, que despencou para 46,6 pontos em julho.

Este indicador "decepcionante provocou realizaçõs de lucros", observou Scott Marcouiller, do Wells Fargo Advisors. No entanto, "o mercado mantém sua resistência apesar da recente e excessiva alta. (...) A dinâmica atual parece conter os retrocessos", agregó.

O Dow Jones subiu mais de 11% nas duas últimas semanas.

O bom desempenho dos valores tecnológicos permitiu que a bolsa nova-iorquina limitasse sua queda, com o Nasdaq operando no azul perto do fim da sessão. O setor se beneficiou principalmente dos resultados trimestrais superiores às previsões da firma de biotecnologia Amgen (+2,72%, a 62,42 dólares).

"A ideia dominante é de que a recuperação agora é iminente, mas não acredito que isto seja forte o suficiente para sustentar as ações neste nível", considerou Hugh Johnson, da Johnson Illington Advisors, afirmando ser "normal" a realização de lucros após uma alta duradoura do mercado, como aconteceu nas últimas semanas.

O mercado obrigatório subiu. O rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos caiu a 3,688%, contra 3,713% na segunda-feira, e o dos títulos a 30 anos a 4,559%, contra 4,613%.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host