! Wall Street sobe confiando na recuperação nos EUA - 03/08/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

03/08/2009 - 18h13

Wall Street sobe confiando na recuperação nos EUA

NOVA YORK, EUA, 3 Ago 2009 (AFP) - A Bolsa de Nova York fechou em alta nesta segunda-feira, com o mercado confiante na recuperação econômica dos Estados Unidos após bons indicadores: Dow Jones ganhou 1,25% e Nasdaq, 1,52%.

O otimismo entre os investidores jogou o índice ampliado Standard & Poor's 500 acima dos 1 mil pontos, algo que não ocorria desde novembro de 2008. O S&P 500 avançou 15,14 pontos (1,53%), a 1.002,62 unidades.

O Dow Jones Industrial Average subiu 114,95 pontos, a 9.286,56, e o Nasdaq, de alto componente tecnológico, ganhou 30,11 unidades, para fechar a 2.008,61.

Os investidores aproveitaram os resultados do índice industrial ISM e do gasto com a construção, ambos de julho, que foram melhores que o previsto pelos analistas.

Wall Street iniciou hoje um novo mês repleto de simbolismo, já que além do S&P 500, o Nasdaq voltou a romper a barreira dos 2 mil pontos, o que não ocorria desde 1º de outubro passado.

"As notícias foram boas. O fato mais importante é que o índice ISM se saiu melhor que o previsto", disse Hugh Johnson, da Johnson Illington Advisors.

O índice avançou pelo sétimo mês consecutivo, a 48,9 pontos, chegando a sua melhor posição desde agosto de 2008.

"O relatório sugere que vamos ter um crescimento no terceiro trimestre. O mercado reagiu a isto", estimou Peter Cardillo, da Avalon Partners.

O fabricante de automóveis Ford anunciou uma alta de 2,3% em suas vendas nos Estados Unidos em julho, passando ao azul pela primeira vez desde novembro de 2007, graças ao programa "dinheiro por sucata" do governo federal.

"São pequenas peças de um quebra-cabeça complexo, mas são peças importantes: elas nos dizem que a economia caminha diretamente para uma recuperação", destacou Johnson.

No mercado de obrigações, o bônus do Tesouro a 10 anos fechou a 3,639%, contra 3,501% na sexta-feira. O papel a 30 anos fechou a 4,422%, contra 4,311% na sessão precedente.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host