! Wells Fargo aumenta salários dos diretores, mas não devolve empréstimo ao governo - 06/08/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

06/08/2009 - 13h25

Wells Fargo aumenta salários dos diretores, mas não devolve empréstimo ao governo

NOVA YORK, EUA, 6 Ago 2009 (AFP) - O banco americano Wells Fargo anunciou nesta quinta que vai aumentar o salário de seu diretor-geral, John Stumpf, assim como de outros três executivos, para situá-los no nível cobrado por seus colegas em outras entidades bancárias, apesar de ainda não ter reembolsado ao Estado os fundos recebidos para enfrentar a crise.

Enquanto o pagamento de bônus exorbitantes continua alimentando a fúria da opinião pública e dos políticos, Wells Fargo anunciou que Stumpf receberá 4,7 milhões de dólares em ações além de seu salário de 900.000 dólares anuais.

O diretor do banco atacadista, Dave Hoyt, mantém seu salário de 700.000 dólares, aos quais somará cerca de 3,2 milhões de dólares em ações. O diretor das atividades hipotecárias, Mark Oman, receberá 600.000 dólares em salário e 3,3 milhões em ações, enquanto que o diretor financeiro, Howard Atkins, terá 2,3 milhões de dólares em ações além de seu salário de 700.000 dólares.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host