! OMC condena China por políticas audiovisuais após denúncia dos EUA - 12/08/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

12/08/2009 - 18h32

OMC condena China por políticas audiovisuais após denúncia dos EUA

GENEBRA, Suíça, 12 Ago 2009 (AFP) - A Organização Mundial do Comércio (OMC) condenou parcialmente a China, nesta quarta-feira, por seu sistema de importação e distribuição de música, filmes e livros, após um processo interposto pelos Estados Unidos.

A condenação foi comemorada pela Associação de Cinema dos Estados Unidos (MPAA), que a considerou uma "grande vitória".

"A indústria cinematográfica conquistou uma importante vitória na sua longa batalha para abrir o mercado chinês de filmes", disse a MPAA, controlada pelos grandes estúdios Hollywood, em uma declaração.

Em uma decisão complexa que poderá ter impacto sobre os filmes de Hollywood, por exemplo, a OMC afirmou que Pequim viola as regras do comércio internacional ao dificultar empresas geridas por estrangeiros na China na hora de importar filmes, livros e música.

No entanto, a OMC considerou que os Estados Unidos não conseguiram provar que a distribuição de filmes e música na China é discriminatória, o que também era citado no processo.

A partir da quarta-feira, Estados Unidos e China têm 60 dias para recorrer da decisão.

"A decisão da OMC é uma vitória significativa" para a indústria americana, disse o representante comercial dos Estados Unidos na agência, sediada em Genebra, acrescentando que é este um importante passo para o acesso comercial dos produtos do seu país à China.

As restrições denunciadas pelos Estados Unidos afetam grandes empresas americanas do setor na China, como a Warner e a Universal, que estariam sendo discriminadas em relação às empresas locais na importação e distribuição dos produtos em território chinês.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host