UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/08/2009 - 11h05

BAA dobra oferta salarial para evitar greve nos aeroportos britânicos

LONDRES, 17 Ago 2010 (AFP) -O gestor aeroportuário britânico BAA, de propriedade do grupo espanhol Ferrovial, dobrou sua oferta salarial para evitar uma greve votada por seus empregados e que poderia paralizar seis eroportos do país no final de agosto.

Depois de nove horas de negociações sob patrocínio da agência governamental de arbitragem, ACAS, a direção a BAA e o sindicato chegaram a um acordo sobre esta nova proposta salaria, que inclui um aumento de 2% a partir de janeiro e um prêmio de 500 libras (605 euros, 780 dólares),

Os empregados da BAA, entre os quais há agentes de segurança, bombeiros e pessoal da manutenção, rejeitaram uma primeira oferta considerada irrisória e ameaçavam com uma paralisação total de seis aeroportos britânicos, entre eles o londrino Heathrow, um dos de maior trânsito do mundo.

Agora os 6.000 empregados da BAA votarão a nova oferta alcançada por seus líderes sindicais.
Hospedagem: UOL Host