! Salto Angel, uma maravilha do mundo que a Venezuela reserva aos aventureiros - 14/09/2009 - AFP - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

14/09/2009 - 19h34

Salto Angel, uma maravilha do mundo que a Venezuela reserva aos aventureiros

CANAIMA, Venezuela, 14 Set 2009 (AFP) - A impressionante queda d'água de quase um quilômetro de altura resplandece sob o sol do amanhecer que ilumina a montanha e deixa maravilhados os visitantes do Salto Angel, um tesouro que a Venezuela reserva apenas para aventureiros em uma área do sudeste do país.

"É uma maravilha, uma explosão da natureza. Definitivamente, vale a pena vir até aqui", assegura Marta Romeu, uma espanhola de 32 anos que planejou sua viagem durante meses.

A visão da cachoeira mais alta do mundo compensa para os viajantes a jornada de 12 horas de avião, de canoa e a pé, incluindo uma noite de chuva intensa deitados em redes em um precário refúgio.

O Salto Angel leva este nome em homenagem ao aviador norte-americano Jimmy Angel, que em 1937 aterrissou no local onde nasce a cachoeira. Para os cientistas, essas montanhas de cume plano são as formações mais antigas do planeta.

Situado no Parque Nacional de Canaima, a reserva de 30.000 km2 foi declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1994, está entre os finalistas no concurso de nova maravilha do mundo em uma votação realizada pela Internet e ficou internacionalmente famosa graças ao filme "Up - Altas aventuras".

Produzido pelos estúdios Pixar e distribuído pela Disney, esse filme, que estreou há alguns meses, é ambientado na Grande Savana venezuelana e as imagens do Salto Angel que aparecem nele atraíram vários turistas a esse mágico local de América do Sul.

No entanto, o Salto Angel continua sendo um destino para poucos. O turista estrangeiro deve chegar a Caracas, viajar para Ciudad Bolívar ou Puerto Ordaz (leste) e embarcar em um minúsculo avião rumo ao povoado de Canaima.

A partir de lá, cruzam as corredeiras dos rios Carrao e Churún durante quatro horas em uma 'curiara', embarcação indígena de madeira, e, depois, iniciam uma subida a pé pela selva de mais de uma hora até o mirante final.

Outra opção é sobrevoar a cascata, uma visão espetacular, porém cara e breve, que não permite que a pessoa admire essa joia da natureza por muito tempo.

O Salto Angel tem o nome indígena de "Kerepakupai-merú", que significa "queda d'água até o local mais profundo"

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host