UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

30/09/2009 - 06h09

Pequim afirma que pressões sobre yuan prejudicarão o comércio

PEQUIM, 30 Set 2010 (AFP) -As pressões para uma valorização do yuan prejudicarão o comércio China-EUA, advertiu Pequim, que também manifestou contrariedade com o projeto de lei que estabelece sanções aos produtos chineses nos Estados Unidos.

Na quarta-feira, a Câmara de Representantes americana aprovou por ampla maioria o projeto de lei que prevê direitos de importação punitivos contra os produtos chineses nos Estados Unidos, caso a China não valorize significativamente sua moeda.

O ministério chinês do Comércio afirmou que o projeto de lei americano não está de acordo com as regras da Organização Mundial do Comércio (OMC).

O projeto é baseado em um critério da OMC que permite punir um país que administra a taxa cambial para subsidiar as exportações.

Mas Pequim divulgou um comunicado em que afirma que "iniciar investigações contra os subsídios com base nas taxas de câmbio não está de acordo com as regras da OMC".
Hospedagem: UOL Host