UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/10/2009 - 09h26

FMI reduz previsões mundiais para 2011 e aponta riscos para recuperação

WASHINGTON, 6 Out 2010 (AFP) -O Fundo Monetário Internacional (FMI) reduziu nesta quarta-feira a previsão de crescimento mundial para 2011, de 4,3% a 4,2%, ao mesmo tempo que o economista chefe da instituição, Olivier Blanchard, manifestou o temor de que recuperação pode não ser duradoura.

No relatório semestral "Perspectivas Econômicas Mundiais", o FMI fixa para 4,2% o crescimento para o próximo ano, contra 4,3% da previsão de julho.

O número também é inferior aos 4,8% de crescimento previstos para 2010.

"No imediato, o impulso da recuperação mundial parece estar se fragilizando", afirma a organização multilateral.

O pior, segundo o economista chefe do FMI afirma no prefácio do documento, é que a recuperação apresenta atualmente graves falhas: depende em demasia dos governos dos países desenvolvidos e não permitiu reabsorver o grande déficit comercial dos Estados Unidos, nem os excedentes dos países asiáticos.

"O resultado é uma recuperação que não é forte nem equilibrada, e que corre o risco de não ser duradoura", afirma Blanchard.
Hospedagem: UOL Host