UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

13/10/2009 - 17h39

Petróleo fecha acima dos 74 dólares em NY e ganha mais de 1 dólar em Londres

NOVA YORK, EUA, 13 Out 2009 (AFP) - Os preços do petróleo continuaram subindo nesta terça-feira em Nova York e Londres, estimulados pela desvalorização do dólar e por previsões otimistas sobre a demanda futura de cru.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril de West Texas Intermediate (designação de "light sweet crude" negociado nos EUA) para entrega em novembro terminou a 74,15 dólares, uma alta de 88 centavos.

Na InterContinentalExchange de Londres, o barril de Brent do mar do Norte com o mesmo vencimento ganhou 1,04 dólar, encerrando a 72,40 dólares.

Os preços, que estão apresentando desempenho bastante satisfatório dentro da margem em que vêm oscilando nos últimos meses, se beneficiaram de um "impulso contínuo, e de melhores perspectivas para a demanda no ano que vem, principalmente das divulgadas pela Opep", indicou John Kilduff, da MF Global.

Depois da Agência Internacional de Energia, na semana passada, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) elevou suas previsões de consumo mundial de petróleo.

A queda do consumo será limitada a -1,65% este ano, contra o -1,8% previsto antes, e a alta ficará em 0,8% no próximo ano, contra o 0,6% estimado anteriormente, considera o cartel.

"Dado que a produção está atualmente contida, tanto a nível dos países produtores como das refinarias, estamos cada vez mais conscientes de que as reservas podem se reduzir rapidamente em consequência da recuperação econômica", explicou Kilduff.

A esta pressão soma-se a queda do dólar, que leva os investidores a se protegerem da inflação comprando ativos tangíveis.

Em relação ao euro, a moeda americana era cotada a 1,49 dólar nesta terça-feira, seu nível mais baixo em 14 meses.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host