UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

03/11/2009 - 19h30

Petróleo sobe e se aproxima dos 80 dólares

NOVA YORK, EUA, 3 Nov 2009 (AFP) - Os preços do petróleo subiram nesta terça-feira no mercado a termo de Nova York, ganhando 1,47 dólar, a 79,60, em meio à alta das matérias-primas puxada pelo ouro, que hoje atingiu valores históricos.

No New York Mercantile Exchange, o barril do "light sweet crude" (West Texas Intermediate) para entrega em dezembro fechou a 79,60 dólares, em alta de 1,47 dólar sobre o fechamento de segunda-feira.

Em Londres, o barril do Brent do Mar do Norte para entrega no mesmo prazo ganhou 1,56 dólar, a 78,11.

"O petróleo caiu pela manhã (em Nova York), mas graças à alta do ouro, o cru também avançou", disse Ellis Eckland, analista independente.

"O petróleo segue o ouro", explicou. "Suspeito que o Banco Central injetou liquidez no mercado", o que beneficiou, especialmente, as matérias-primas, que constituem "moedas alternativas, em particular o ouro".

Os temores de inflação, alimentados por enormes injeções de liquidez efetuadas pelos Bancos Centrais devido à crise, levam os investidores para as matérias-primas em busca de proteção contra a perda de valor de seus ativos.

A onça do ouro superou hoje os 1.080 dólares, pela primeira vez em sua história, um dia após o Fundo Monetário Internacional anunciar a venda de 200 toneladas do metal à Índia.

"Ouro e petróleo seguem na mesma direção nestes tempos", disse Adam Sieminski, do Deutsche Bank. "Os fundamentos tradicionais, como a relação entre a oferta e a procura, ajudam um pouco, mas seguramente isto não é o suficiente para explicar as variações diárias, que dependem mais de fatores técnicos".

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host