UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/11/2009 - 18h57

Economia americana melhora mas Fed mantém taxas

WASHINGTON, EUA, 4 Nov 2009 (AFP) - O Federal Reserve (Fed) concluiu nesta quarta-feira que a economia dos Estados Unidos continua se recuperando, mas manteve suas taxas perto de zero, indicando que permanecerão assim por um longo tempo, principalmente devido a expectativas de inflação "estáveis".

O Comitê de Política Monetária (FOMC), dirigido pelo presidente do Fed, Ben Bernanke, destacou ao fim de dois dias de reunião que "dado ao fato de que a atividade econômica provavelmente se manterá fraca por algum tempo", suas decisões políticas deverão apoiar a recuperação da economia.

O FOMC manteve a taxa básica federal na faixa de 0 a 0,25%, e destacou que espera "níveis excepcionalmente baixos da taxa por um longo período".

Neste sentido, mencionou pela primeira vez a inflação ao explicar que suas expectativas são de que permaneça estável.

O Fed informou ainda que pretende reduzir em 25 bilhões de dólares um de seus programas de compra de títulos da dívida pública para ajudar o mercado imobiliário, e ao invés dos anunciados 200 bilhões de dólares, vai adquirir títulos financeiros por 175 bilhões.

A decisão é "consistente com o ritmo recente das compras e reflete a limitada disponibilidade da dívida do organismo", ressaltou o banco central americano.

Além disso, a instituição confirmou sua anunciada compra de 1,25 trilhão de dólares em papéis da dívida respaldados por empréstimos garantidos pelos organismos hipotecários Fannie Mae e Freddie Mac.

"Para promover uma transição fluida nos mercados, o Comitê reduzirá gradualmente o ritmo de suas compras, tanto da dívida pública quanto de títulos garantidos por agências de refinanciamento hipotecário, e espera que estas transações terminam no fim do primeiro trimestre de 2010", acrescentou o Fed.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host