UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/11/2009 - 17h06

General Motors diz que prevê 10 mil demissões na sua unidade europeia

BERLIM, Alemanha, 4 Nov 2009 (AFP) - O fabricante de automóveis americano General Motors estima que haverá cerca de 10 mil dispensas na Opel (unidade europeia da empresa), a montadora que decidiu não vender e que emprega atualmente mais de 50.000 pessoas na Europa, declarou nesta quarta-feira seu vice-presidente, John Smith.

A GM havia decidido terça-feira manter a Opel, desistindo de vender a empresa, como o previsto. O grupo americano quer partir, agora, para reestruturar a Opel.

A GM busca reduzir os custos de sua filial em 30%, o que se traduzirá em demissões, explicou Smith durante entrevista por telefone a jornalistas europeus.

A Opel produz na Alemanha, onde trabalha a metade de seus assalariados, assim como na Espanha, na Bélgica, na Polônia e no Reino Unido, sob a marca Vauxhall.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host