UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/11/2009 - 22h39

Lula: Brasil não sucumbirá à 'maldição do petróleo'

LONDRES, Reino Unido, 5 Nov 2009 (AFP) - O Brasil não sucumbirá à "maldição do petróleo" quando começar a explorar as importantes reservas do pré-sal, e seguirá promovendo as energias limpas e renováveis, garantiu nesta quinta-feira, em Londres, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Não sucumbiremos à maldição do petróleo. Os grandes recursos procedentes da exploração destas novas riquezas serão destinados ao futuro dos brasileiros", disse Lula ao receber o prêmio Chatham House, como a figura política mais destacada na promoção das relações internacionais.

O Brasil encontrou no pré-sal gigantescas reservas de petróleo, estimadas em até 14 bilhões de barris.

Lula garantiu que as enormes reservas de petróleo não impedirão que o Brasil continue promovendo o uso e a produção de energias limpas e renováveis, que constituem atualmente cerca de 50% da matriz energética do país.

"Não afetará nossa política de biocombustíveis ou de energia hidroeléctrica", afirmou o presidente.

Lula recebeu o prêmio Chatham House 2009, concedido anualmente à figura política que deu "a contribuição mais significativa a melhoria das relações internacionais no ano anterior", por sua "liderança nacional, regional e internacional, e pela influência crescente que obteve para o Brasil".

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host