UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/11/2009 - 06h33

Excedente comercial da China aumenta a US$ 24 bi em outubro

PEQUIM, China, 11 Nov 2009 (AFP) - O excedente comercial da China chegou a 24 bilhões de dólares em outubro, dado que representa uma alta de 11 bilhões em comparação com setembro.

Em outubro de 2008, o excedente alcançou 35,24 bilhões de dólares, segundo o governo.

A alta de outubro está relacionada à desaceleração na queda das exportações, combinada com a redução um pouco maior das importações.

As exportações caíram 13,8% em ritmo anual, depois de uma perda de 15,2% em setembro.

Nos primeiros 10 meses do ano, as exportações chinesas caíram 20,5% na comparação com o mesmo período do ano anterior, enquanto as importações registraram baixa de 19%.

No mesmo período, a balança comercial chinesa registrou excedente de 159,23 bilhões de dólares, uma queda de 27,2%.

De janeiro a outubro, a União Europeia foi a maior parceira comercial da China, apesar da queda de 18,7% no volume de negócios. Os Estados Unidos, com baixa de 14,9%, ficaram em segundo lugar e o Japão em terceiro (-19,3%).

Além disso, a produção industrial e os investimentos em capital fixo na China aumentaram desde o início de 2009 e em outubro, mês em que a deflação perdeu força.

A produção industrial chinesa aumentou 16,1% em outubro em ritmo anual, contra a alta de 8% no mesmo mês de 2008.

Já os investimentos em capital fixo nas zonas urbanas chinesas registraram uma elevação de 33,1% entre janeiro e outubro, contra 27,2% no mesmo período de 2008.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host