UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/11/2009 - 19h07

Petróleo termina em leve alta, graças à economia chinesa

NOVA YORK, EUA, 11 Nov 2009 (AFP) - Os preços do petróleo subiram nesta quarta-feira em Nova York, ajudados por bons indicadores chineses que confirmam a recuperação da economia do gigante asiático.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril de West Texas Intermediate (designação do "light sweet crude" negociado nos EUA) para entrega em dezembro fechou a 79,28 dólares, em alta de 23 centavos.

O principal apoio do mercado veio da China, onde uma série de novos dados confirmam a recuperação de sua economia. O governo de Pequim se declarou mais seguro do que nunca em relação ao objetivo de crescimento de 8% no ano.

A demanda de energia chinesa é o motor da recuperação do consumo mundial de petróleo. Os dados de importações tranquilizaram os investidores: as de petróleo subiram 9,4% nos 10 primeiros meses do ano.

Estas cifras permitiram que o mercado se recuperasse, após a leve queda registrada após a divulgação do relatório do American Petroleum Institute (AIP) sobre os estoques de petróleo nos Estados Unidos, destacou Phil Flynn, da PFG Best Research.

Esta publicação da associação de industriais do setor, na terça-feira, revelou um aumento das reservas para todos os produtos: cru, gasolina e destilados (diesel e combustível para calefação).

"O petróleo evolui dentro de uma faixa limitada", acrescentou Flynn, indicando que para toda notícia positiva o mercado parece receber uma negativa, o que deixa os preços equilibrados.

Devido ao feriado, o relatório semanal do Departamento de Energia sobre as reservas americanas de petróleo, normalmente divulgado na quarta-feira, será publicado na quinta.

"O mercado não está completamente convencido de que a demanda se recuperou, mas os dados chineses são corretos", estimou por sua vez Bart Melek, da BMO Capital Markets.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host