UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/11/2009 - 22h51

Brasil abre seu mercado a vacinas argentinas contra aftosa

BUENOS AIRES, Argentina, 12 Nov 2009 (AFP) - O chanceler argentino, Jorge Taiana, manifestou nesta quinta-feira sua "grande satisfação" pela abertura do mercado brasileiro às vacinas contra a febre aftosa produzidas por um laboratório privado da Argentina.

"Temos a grande satisfação e a alegria de ver nisto um exemplo da interação entre o público e o privado", disse Taiana.

O chanceler destacou que se trata do "resultado de uma longa tramitação, que passou por distintas etapas e envolveu o interesse específico da presidente da Nação, Cristina Fernández de Kirchner".

Segundo Taiana, a presidente Kirchner tinha solicitado em março passado, durante um encontro com Luiz Inácio Lula da Silva, a abertura do mercado brasileiro para as vacinas.

Segundo a ministra argentina da Indústria e Turismo, Débora Giorgi, a gestão de Kirchner "permitiu solucionar em nove meses um tema que vinha se arrastando por 11 anos...".

Giorgi destacou que a Argentina exportou no ano passado 70 milhões de dólares no setor e que a abertura do mercado brasileiro permitirá duplicar o volume de exportações para o continente americano, que atualmente é de 10 milhões de dólares.

Taiana precisou que o fabricante da vacina é o laboratório Biogénesis Bagó.

O primeiro lote de vacinas, de 2,2 milhões de doses, já está sendo comercializado no Brasil, revelou Alejandro Gil, diretor da Biogénesis-Bagó.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host