UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/11/2009 - 17h01

Euro Disney sofre com crise econômica, mas registra recorde de visitantes

PARIS, França, 12 Nov 2009 (AFP) - O parque de diversões Euro Disney sofreu com o impacto da crise econômica, em particular a diminuição de turistas espanhois e britânicos, o que agravou as perdas do grupo, de 55 milhões de euros no exercício 2008/09 e com uma diminuição do faturamento em 1,23 bilhão de euros (queda da 7%).

Paradoxalmente, a Disneyland Paris estabeleceu um novo recorde de visitantes, 15,4 milhões de pessoas, frente a 15,3 milhões no ano anterior, mas com a crise econômica, o perfil dos clientes mudou, registrando-se mais franceses e belgas e menos espanhois e britânicos, o que fez a taxa de ocupação dos hoteis diminuir sensivelmente.

A isso se soma a diminuição do gasto médio por cliente, que passou de 46,3 euros em 2008 a 44,2 em 2009.

Essas cifras são preocupantes se comparadas com as do parque de atrações Astérix, seu principal competidor, que recebeu 1,82 milhão de visitantes e aumentou seu faturamento em 8,5%.

Não se vislumbra qualquer mudança de tendência para os próximos meses e o novo comportamento dos clientes deve durar mais tempo, afirmou o presidente do grupo, Philippe Gas, em coletiva de imprensa.

Neste sentido, a Euro Disney propôs neste ano 70% a mais de promoções que em 2008, conseguindo manter assim, e inclusive melhorar, a frequência, embora sacrificando a margem de lucros.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host