UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/11/2009 - 10h47

FAO adota declaração final para acabar com a fome no mundo

ROMA, Itália, 16 Nov 2009 (AFP) - Os dirigentes reunidos em Roma para a Cúpula da FAO estabeleceram como meta estratégica acabar com a fome no mundo, principalmente com o reforço dos financiamentos à agriculura, em uma declaração final adotada nesta segunda-feira.

"Nós, chefes de Estado e de Governo, estamos reunidos em Roma para a Cúpula Mundial sobre a segurança alimentar para adotar urgentemente medidas para erradicar a fome no mundo", afirmaram na declaração final adotada já no primeiro dia de trabalho.

Sessenta dirigentes do mundo inteiro, exceto os do G8, se encontra nesta segunda até quarta-feira reunidos na sede da Organização da ONU para a Alimentação e a Agricultura (FAO) para a Cúpula sobre a Segurança Alimentar.

Os dirigentes se fixaram várias metas estratégicas, mas sem impor números.

Eles também decidiram "ser vigilantes para que medidas urgentes sejam adotadas para reduzir à metade respectivamente o percentual e o número de pessoas que passam fome e estão desnutridas daqui a 2015", apesar de especialistas consideraram que esta meta é inatingível neste prazo.

Os chefes de Estado e de Governo também decidiram inverter a tendência de diminuição dos financiamentos nacionais e internacionais dedicados à agricultura, à segurança alimentar e ao desenvolvimento rural dos países em desenvolvimento.

Neste contexto, eles esperam também agir antecipadamente para enfrentar os problemas decorrentes da mudança climática em termos de segurança alimentar.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host