UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/11/2009 - 06h24

Para Jintao China e EUA devem rejeitar o protecionismo

PEQUIM, China, 17 Nov 2009 (AFP) - O presidente chinês, Hu Jintao, declarou nesta terça-feira que China e Estados Unidos devem rejeitar o protecionismo e fazer todo o possível para resolver as divergências comerciais, após uma reunião com o presidente americano, Barack Obama, em Pequim.

"Nossos dois países devem opor-se ao protecionismo e rejeitá-lo", declarou Jintao, que também destacou o fato de Pequim e Washington terem reiterado a vontade de trabalhar juntos para "resolver de forma apropriada as divergências econômicas e comerciais".

O porta-voz do ministério chinês do Comércio denunciou na segunda-feira um protecionismo crescente nos Estados Unidos, acusação rebatida pelo secretário de Comércio americano, Gary Locke.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host